Todd Howard, diretor da Bethesda Game Studios, confirmou que a história de Starfield, o tão esperado "Skyrim no espaço", terá entre 30 e 40 horas de duração. Isso é mais do que as histórias de The Elder Scrolls 5: Skyrim e Fallout 4, por exemplo.

"Esse jogo está ficando um pouco maior [do que os nossos outros jogos] e talvez ainda ajustemos isso mais um pouco", disse em entrevista ao IGN (via VGC). "Existem mais missões, então, deve estar 20% acima dos nossos anteriores."

Criaturas gigantes ao redor de um astronauta.
Reprodução: Bethesda.

Caso os jogadores escolham ignorar a maior parte dos conteúdos opcionais, que, em jogos da Bethesda, costumam ser muitos, o tempo de jogo deve girar em torno das já mencionadas 30 ou 40 horas. Entretanto, muito mais do que isso será necessário para fazer tudo o que existe no game.

LEIA MAIS

Durante a mesma entrevista, Howard mencionou a quantidade insana de planetas disponíveis. Com, potencialmente, mil mundos para explorar, Starfield parece ter conteúdo suficiente para durar por muito mais tempo do que "apenas" as 30 ou 40 horas de jogo confirmadas.

Nave entra na velocidade na luz.
Reprodução: Bethesda.

O ponto é: nem todos os mundos terão uma missão planejada, aparentemente. Em parte, o conteúdo de determinados mundos será gerado de forma procedural. Logo, não serão como as quests planejadas passo a passo, por exemplo.

Starfield será lançado no primeiro semestre de 2023 para os consoles Xbox e PC. Como a Bethesda pertence à Microsoft atualmente, não há expectativa de que o jogo seja confirmado para outras plataformas. Então, pelo menos a princípio, jogadores de PlayStation e Nintendo não terão como jogar.