Mais um relançamento do Mega Drive vai rolar, mas desta vez é por conta da própria Sega.

A empresa vai lançar neste ano no Japão o Mega Drive Mini, uma versão compacta do inesquecível videogame de 16-bits que terá diversos títulos na memória.

O preço ainda não foi divulgado e nem a lista de games que virão embarcados.

É seguro imaginar que clássicos imortais estarão presentes, como Altered Beast, Golden Axe e Sonic the Hedgehog, então decidimos listar jogos mais obscuros ou esquecidos pelo tempo, mas que têm qualidade e merecem uma nova chance de brilhar.

Castlevania: Bloodlines

Durante muito tempo a série Castlevania foi exclusiva de videogames da Nintendo. Isso mudou com Bloodlines, de 1994, uma inesperada aventura ambientada no século XX após a destruição de Drácula e estrelada por um representante distante da família Belmont. Uma sequência veio em 2006 com Portrait of Ruin, para o portátil DS.

Chakan: The Forever Man

Visual sombrio, dificuldade implacável e liberdade para explorar os cenários - seria Chakan o 'Dark Souls do Mega Drive' antes mesmo de Dark Souls existir? Comparações impossíveis à parte, Chakan é um excelente jogo 16-bits que vale conhecer.

Donald in Maui Mallard

É incrível como a Disney se lançou a experimentos muito doidos nos jogos estrelados pelo Pato Donald nos anos 90. Neste cartucho ele assume a identidade de um detetive chamado Maui Mallard que adota o codinome Cold Shadow quando se veste como ninja. Difícil de entender, mas divertido de jogar!

Eternal Champions

O sucesso explosivo de Street Fighter II no início dos anos 90 levou muitas empresas a buscarem um pedacinho no mundo dos jogos de luta. Eternal Champions é uma criativa investida da Sega e reúne guerreiros de eras distintas para brigar em um torneio violento.

Pepenga Pengo

Inspirado em um fliperama de 1982, este cartucho saiu em 1995 e foi o último título lançado pela Sega para o Mega Drive no Japão. Na prática, trata-se de um jogo que lembra muito Bomberman e o objetivo é derrotar todos os inimigos em um mapa 2D.

Pulseman

Poucos sabem que a Game Freak não faz apenas jogos da série Pokémon. O estúdio é responsável também por alguns excelentes e coloridos games de aventura 2D, incluindo Pulseman, lançado exclusivamente para o Mega Drive em 1994 (antes do lançamento do primeiro Pokémon!). Há quem acredite até que o monstrinho Rotom é inspirado neste antigo guerreirinho elétrico.

Quackshot

O início dos anos 90 foi rico em jogos estrelados por personagens da Disney. Um dos pontos altos dessa época foi Quackshot, uma aventura ao estilo Indiana Jones estrelada pelo enfezado Pato Donald. Saudades, Quackshot!

Shining in the Darkness

Primeiro episódio da série Shining, foi também um dos primeiros cartuchos de Mega Drive lançados com legendas em português no Brasil, pela Tec Toy. Diferente dos episódios posteriores (e mais famosos), focados em estratégia, Shining in the Darkness tem perspectiva em primeira pessoa e foca em exploração de calabouços.

World of Illusion

Lembra aquilo que falei em Quackshot sobre os jogos com personagens Disney? World of Illusion é mais uma prova disso: a aventura une Mickey e Donald em uma jornada por um mundo de fantasia, resultando em uma das melhores experiências cooperativas do videogame da Sega.

Yu Yu Hakusho: Makyo Toitsusen

Os anos 90 não foram lá muito generosos com os games de luta inspirados em anime, mas este é exceção. Desenvolvido pelo excelente estúdio Treasure, de Gunstar Heroes e Ikaruga, é um ousado jogo para até quatro jogadores simultaneamente - ah, e que saiu no Brasil com uma terrível tradução para português.