Em um dos anúncios mais importantes de sua conferência durante a E3 2018, a Microsoft resolveu abrir a carteira e confirmar a adição de cinco novos nomes aos Microsoft Studios: um novo estúdio aberto do zero e e quatro novas desenvolvedoras compradas.

O movimento é considerado estratégico para expandir a capacidade da Microsoft de produzir novos títulos para sua divisão Xbox, especialmente quando o assunto é jogos exclusivos - uma notória dificuldade da empresa em seu embate contra a Sony e o PlayStation 4.

Mas quais exatamente são esses estúdios comprados pela companhia e o que eles podem agregar ao portfólio da empresa? Entenda na nossa lista abaixo:

Playground Games

Talvez a menos surpreendente das aquisições, o estúdio britânico Playground Games passa a fazer parte da lista de first parties da Microsoft após uma longa relação com a empresa produzindo jogos da série Forza Horizon. 

Ao que tudo indica, esse deverá continuar sendo o principal projeto da desenvolvedora, que já anunciou o novo Forza Horizon 4. Segundo Phil Spencer, no entanto, a empresa deverá trabalhar em um projeto "inteiramente novo" no futuro.

Ninja Theory

A aquisição que talvez deixou alguns fãs com um gosto amargo na boca, a Ninja Theory é responsável por bons títulos e com temática diversa, como DmC: Devil May Cry e Hellblade: Senua's Sacrifice - este último, vale lembrar, um dos títulos mais aclamados do ano passado e que foi lançado originalmente somente para o PlayStation 4 e PC

Com a entrada do estúdio na Microsoft, ainda não é certo qual será a futuro da empresa e qual o impacto que a aquisição terá no processo criativo do time com o fim da independência do estúdio.

Undead Labs

Outra aquisição que não é completamente surpreendente, a Undead Labs é conhecida pela dupla State of Decay e State of Decay 2, ambos exclusivos do Xbox One e PC que foram produzidos de forma próxima à Microsoft. 

Com a aquisição resta saber se o estúdio manterá sua temática focada em zumbis - algo que existe desde sua fundação, em 2009 - ou se será envolvido com outros projetos do Microsoft Studios.

Compulsion Games

Baseado em Montreal, o estúdio é, talvez, a maior incógnita entre as aquisições. Isso porque, apesar de ter quase dez anos, a Compulsion focou a maior parte dos seus esforços em projetos junto a outras desenvolvedoras. 

Seu primeiro grande título próprio, o game distópico We Happy Few, deve chegar para o PlayStation 4, Xbox One e PC em agosto deste ano. A partir daí, veremos o verdadeiro potencial da empresa dentro da Microsoft.

The Initiative

Por fim, nós temos o The Initiative: um novo estúdio criado pela Microsoft do zero e que ficará localizado em Santa Mônica, na Califórnia - terra do Sony Santa Monica, estúdio de God of War.

Ainda é cedo para especular o que o estúdio produzirá para a Microsoft, mas vale lembrar que ele será liderado por Darrell Gallagher, ex-diretor da Crystal Dynamics - responsável pelos dois primeiros games da nova trilogia de Tomb Raider.