PES 2020 quer se reinventar: os menus foram reformulados, a Master League ganhou novas características, a jogabilidade apresenta novas funções e até mesmo o nome do jogo está diferente.

Pois é, agora a franquia ganhou um novo título: eFotball PES 2020. A ideia, segundo produtores da Konami, é aproximar o jogo de seu cenário competitivo, o que passa até mesmo por seus modos de jogo.

Mas antes disso, vamos ao que realmente importa: como PES 2020 se comporta com o controle na mão. Este ano, o maior objeto de mudanças foi a bola, tanto em seu comportamento e trajetória, como no controle dela pelas versões virtuais dos futebolistas.

efootball-pes-2020-messi
Divulgação/Konami

A função de driblar com o analógico direito foi repaginada, deixando a bola mais próxima do jogador. De modo geral, a novidade deixa a resposta dos atletas mais precisa ao seu controle, facilitando jogadas ousadas em um ataque.

Um novo comando também possibilita mudar a direção do jogador no momento do domínio da bola, com o uso do L2, para enganar o oponente.

Enquanto o controle está mais preciso, o comportamento da bola também é mais imprevisível, resultando em mais bate-rebates. No lado da defesa, interceptações também são mais frequentes, o que aumenta a imprevisibilidade dos momentos de jogo.

Passes e chutes continuam similares a edições anteriores do game, com uma nova função, na qual você pode disfarçar um passe em profundidade num comando de chute. Pense no clássico "quadrado + X", mas em vez de um corte seco, a animação de chute termina em um passe para o companheiro.

efootball-pes-2020-iniesta
Divulgação/Konami

Por trás das mudanças está um grande nome do futebol mundial: o meio-campista Andrés Iniesta, que prestou consultoria para a Konami.

A câmera padrão também mudou, e agora está um pouco mais centralizada e próxima do campo, na tentativa de emular as transmissões de TV.

efootball-pes-2020-maradona
Divulgação/Konami

Fora do campo, as principais novidades são menus repaginados e atualizações na Master League que permitem jogar com lendas como Zico, Diego Maradona e Johan Cruyff na função de treinadores. O sistema de diálogo também mudou, prometendo impactos mais profundos na temporada.

Por fim, um novo modo, intitulado Match Day, promete um misto de gameplay e modo de espectador, incentivando jogadores a torcerem por times virtuais.