As finais do VALORANT Challengers Brazil seguem em curso. Neste sábado, FURIA e Team Vikings confirmaram-se como favoritas e venceram, por 2-0, seus confrontos contra paiN Gaming e Ingaming, respectivamente. As duas vitoriosas se enfrentam pela chave dos vencedores na próxima quinta-feira (6).

Com as derrotas, paiN e Ingaming caíram para a chave dos perdedores e se enfrentam neste domingo. Quem sair derrotado, está fora da corrida pelo Masters na Islândia. 

VALORANT Challengers Finals - Brasil
FURIA 2-0 paiN Gaming
Mapas: Ascent (paiN) e Bind (FURIA)

De fato, havia um certo favoritismo do lado da FURIA para o confronto, mas o confronto foi inteiramente unilateral na Ascent. Do lado atacante, a paiN Gaming não se encontrou, e mesmo conseguindo encaixar boas entradas, foi rendida completamente pelo individual da FURIA, que mesmo atrás nas rodadas, conseguia colocar ordem na casa a tempo para fechar o ponto. 

Depois de muito talento individual entregue, principalmente da parte do último homem, o qck (Reyna), a FURIA terminou a defesa com 11-1 no placar. Indo para a defesa, o time de murizzz (Jett) ainda correu atrás do prejuízo, mas erros pontuais concretizaram o 13-4 de Khalil (Omen) e amigos. 

Bind foi mais um mapa bem controlado pela FURIA, que avançou com maestria para a próxima fase. Khalil foi mais uma vez o terror da paiN, que começou defendendo, e novamente não conseguiu se encontrar na primeira metade, encerrada no 9-3. Mudando os lados, os Panteras rapidamente ampliaram a vantagem e encontraram o 11-3 no placar, mas murizzz (Raze) encaixou dois clutches que manteve seu time de pé na partida.

Encaixando bons avanços, principalmente na B, os Tradicionais pontuaram quatro vezes seguidas e esboçaram uma retomada no placar. No 11-7, nzr (Sova) trabalhou muito bem a informação que adquiriu e atrapalhou a festa da paiN Gaming, que novamente se perdeu no jogo e acabou derrotada no 13-7 confirmado nas miras de xand (Skye) e qck (Raze). 

Team Vikings 2-0 Ingaming
Mapas: Bind (ING) e Ascent (VKS)

Fazendo jus ao seu mapa de escolha, a Ingaming fez um primeiro tempo muito respeitável na Bind. Jacobin (Skye) estava muito forte e a composição com Brimstone funcionou perfeitamente para os avanços executados contra a defesa da VKS, que não encaixou de vez nem mesmo nos momentos de tropeço da Ingaming, autora de um 8-4 bastante sólido. 

Com dois duelistas, era esperado uma Vikings mais produtiva no ataque, e assim foi. Deixando escapar somente o primeiro armado, a VKS deitou no lado atacante e orquestrou praticamente nove rodadas consecutivas contra uma ING que, mesmo com os recursos necessários, não se encontrou na defesa. O maestro da retomada foi, sem dúvidas, o frz: apagado na primeira metade, o jogador puxou a responsabilidade com a sua Jett e liderou a VKS na vitória por 13-9. 

Ascent foi completamente diferente e teve a VKS impondo seu jogo do início ao fim. Começando no ataque, o time de Saadhak (Killjoy) deixou claro porque o mapa escolhido é zona de conforto da equipe. Os primeiros avanços na B não deram muito certo, mas a partir do momento que os Vikings entenderam a defesa da Ingaming, atacar ficou muito fácil, até mesmo nos momentos de desvantagem. Com um ataque sólido, a VKS foi para a defesa com 9-3. Afetada pelo rendimento que teve na primeira metade, a ING nem sequer jogou após a virada de lado; com rounds rápidos e bem executados, a defesa também fluiu bem para a Team Vikings, que venceu com um sonoro 13-3 no placar. 

As finais do VALORANT Challengers continuam neste domingo. Veja os confrontos:

  • 13h - Havan Liberty vs SLICK (Md3)
  • A seguir - paiN Gaming vs Ingaming (Md3)