O YouTube oficializou nesta quinta-feira (17) a separação do serviço de assinatura YouTube Red em dois: o serviço de streaming YouTube Music e o YouTube Premium, que dará acesso a conteúdo exclusivo e produções originais aos usuários.

Disponível a partir do dia 22 de maio nos primeiros países, o YouTube Music será uma espécie de competidor para serviços como Spotify e Apple Music, mas também para vídeos, com novos aplicativos para smartphones e desktop. "Os dias de ir e vir entre vários aplicativos de música e o YouTube acabaram. Se você quer ouvir, assistir ou descobrir, está tudo aqui", descreve a empresa

O serviço integra os sistemas de inteligência artificial do Google para oferecer milhares de playlists ao usuário, incluindo diferentes versões e covers de uma mesma música.

O aplicativo do serviço também trará sugestões ao usuário, com base em seu hábitos e gosto musical – levando em consideração, inclusive, histórico, localização e atividades. o YouTube Music custará US$ 9.99 por mês e trará experiência sem publicidade entre músicas e a possibilidade de baixar ou tocar músicas no background.

Divulgação/Google

O YouTube Premium, por sua vez, trará todas as ofertas do YouTube Music, além do acesso ás produções exclusivas do YouTube Originals, que já inclui Cobra Kai, Step Up: High Water and Youth & Consequences – mais conteúdo de filmes e séries originais é prometido para o futuro. O serviço custará US$ 11.99.

Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, México e Coreia do Sul são os primeiros países a receber os novos serviços. Ainda não há uma previsão de estreia no Brasil.