A Samsung planeja o lançamento de um lote de mais de um milhão de unidades de seu primeiro smartphone com display dobrável no ano que vem, indicou DJ Koh, diretor da divisão mobile da fabricante sul-coreana, segundo o Yonhap News.

Segundo a publicação, a empresa lançará uma quantidade limitada de dispositivos com a tela Infinity Flex para medir o interesse do mercado do produto. Se a recepção for positiva, a empresa poderá fabricar mais unidades ainda em 2019.

O lançamento deve acontecer no primeiro semestre do ano que vem, mas ainda não teve uma data específica revelada por DJ Koh.

A Samsung indica ainda estar experimentando com o produto internamente e não está decidida sobre o nome do dispositivo – que já teve a nomenclatura Galaxy F ventilada como uma possibilidade.

Por fim, Koh revelou que se encontrou com Sundar Pichai, CEO do Google, há alguns meses para estabelecer um grupo que será responsável por desenvolver o design de interface do smartphone.