O Wall Street Journal reporta que, em decorrência à pandemia do coronavírus COVID-19, a Apple vai adiar o início da produção em massa do iPhone 12 em cerca de um mês.

Ainda não se sabe se isso afetará o lançamento da linha de smartphones, que costuma chegar ao mercado em setembro.

A decisão, de acordo com fontes do jornal, deve-se tanto a problemas com a cadeia de montagem e produção dos dispositivos na Ásia quanto pela queda na demanda mundial devido à pandemia.

Além do suposto adiamento, a Apple também estaria reduzindo o número de aparelhos que planejava produzir durante o segundo semestre em 20%, embora não se sabe se esta redução será compensada em 2021.

Procurada pelo WSJ, a Apple não se pronunciou sobre os rumores.

Rumores indicam que o próximo iPhone terá um design inspirado em modelos atuais do iPad, com bordas metálicas e uma tela reta, com um visual que remete ao iPhone 5, e que contará com 4 versões diferentes.

Em abril, a Apple lançou o uma nova versão do iPhone SE, que mistura elementos do iPhone 8 e 11 e chegou no Brasil por a partir de R$ 3.699.