Ketrina Dunagan, vice-presidente sênior de marketing da Huawei nas Américas, revelou ao Estadão que os celulares premium da marca serão disponibilizados no Brasil a partir de maio. Ela afirma que, de início, os aparelhos são importados, mas o plano é passar a manufaturar os smartphones em solo nacional.

"Vamos trazer um portfólio abrangente, mas queremos ser uma marca premium, com boas câmeras e boa performance. Traremos a tecnologia mais inovadora que temos – e não sacrificaremos qualidade em prol de quantidade", conta Dunagan.

Entretanto, a empresa ainda não revelou quais serão os aparelhos a serem vendidos no Brasil. Segundo o Tecnoblog, um evento de apresentação do P30, o próximo top de linha da Huawei, terá um evento de apresentação no país ainda em 2019; o aparelho tem sua revelação mundial prevista para o fim de abril.

Apesar de ser relativamente desconhecida no Brasil - menos de 1% dos consumidores conhecem a marca, segundo a consultoria IDC -, a Huawei tem potencial para se firmar no mercado brasileiro: sua parceria antiga com operadoras de telefonia, onde ela oferecia equipamentos de infraestrutura, pode ser uma porta de entrada para o grande público.