A Samsung já começou a aquisição das peças necessárias para a produção em massa do Galaxy Fold, primeiro smartphone dobrável da companhia, revelou a publicação sul-coreana ET News.

Pela quantidade de componentes encomendados pela fabricante, no entanto, a expectativa é que o número dispositivos produzidos seja limitado, o que indica que o Fold não será vendido normalmente em lojas de varejos, como outros smartphones da empresa.

Segundo a publicação, os números indicam que a empresa produzirá um máximo de 100 mil unidades por mês do Galaxy Fold – número que pode ser diminuído ainda mais após ajustes no controle de qualidade da produção.

Para efeito de comparação, o Galaxy S10 tem uma linha de produção de 3 milhões de unidades por mês.

O Galaxy Fold será lançado oficialmente em abril.