Jerson Lopez de Leon, de 18 anos, foi morto a tiros na noite da última terça-feira (19) após invadir uma casa enquanto jogava Pokémon GO. 

None

O crime aconteceu na zona 5 de Chiquimula, cidade Guatemala a 175km da capital Cidade da Guatemala, segundo informações do El Mundo e do The Mirror. Leon teria entrado na casa com seu primo, Daniel Moises Picen, de 17 anos, em busca de um monstro, quando diversas pessoas em uma camionete agrícola dispararam.

Após serem alvejados, a camionete fugiu. Leon morreu no local e Picen estaria em estado grave. A polícia local diz ter encontrado 17 balas no local, e está investigando as causas do crime.

Esta é a primeira morte noticiada e relacionada ao uso do aplicativo, que já resultou em pessoas caindo de penhascos, batendo em carros de polícia e encontrando corpos ao jogar Pokémon GO, muitas vezes sem prestar atenção nos arredores.

Em Pokémon GO, jogadores podem usar a câmera dos seus celulares para encontrar e capturar Pokémon em locais do mundo real - o que já resultou em alguns encontros inusitados como este onde um cara capturou um Pidgey durante o parto da esposa - eles também podem evoluir os monstrinhos e usá-los em batalhas de ginásio.

31 fotos

1 de 31
+26 fotos
✖︎

O título está disponível para iOS Android na Austrália, Europa, Estados Unidos e Japão. O lançamento do Brasil ainda não foi confirmado, mas está próximo, já que os servidores nacionais do game foram listados na última segunda-feira (18), ao lado de Argentina e Chile.

Leia mais sobre Pokémon
Leia mais sobre Pokémon GO