Além do lançamento do Switch Lite, a Nintendo pode estar planejando uma atualização para o hardware do Switch original, indica um pedido da empresa à Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos Estados Unidos.

Descoberto pelo The Verge, o pedido à FCC pertence à categoria Class II Permission Change, uma permissão de substituição de hardware de um dispositivo sem a necessidade de recertificação do mesmo junto à agência.

No pedido, a Nintendo estabelece a substituição do processador Nvidia Tegra X1, um modelo de quatro anos de idade, por um modelo mais atual, além da substituição da memória do dispositivo.

O upgrade não deve significar o lançamento de um Switch Pro, como esperado por alguns, mas já significaria que o modelo original do Switch ganharia algumas bem-vindas melhorias de performance, como menor tempo de loading, melhor duração de bateria e até mais eficiência de temperatura.