Quase oito anos após seu lançamento inicial para iOS e Android, Minecraft bateu o recorde de receita em dispositivos móveis em 2018, arrecadando US$ 110 milhões – cerca de R$ 410 milhões em conversão direta.

A receita foi revelada pela consultoria Sensor Tower e indica um crescimento de 7% em relação ao ano anterior quando levado em consideração as receitas da App Store e Google Play.

Os Estados Unidos respondem pela maior parte da receita, em um total de US$ 52,8 milhões – ou 48% do total. O Reino Unido e o Japão ocupam, respectivamente, o segundo e terceiro lugar.

Desenvolvido originalmente por Markus Persson e pelo estúdio Mojang, Minecraft foi comprado pela Microsoft em 2014 pelo valor de US$ 2,5 bilhões.