Anteriormente, a Insomniac Games havia dito que Mary Jane Watson seria uma personagem jogável em Marvel’s Spider-Man, novo jogo do Homem-Aranha que chega em setembro ao PlayStation 4.

Agora, em entrevistas com a Game Informer, desenvolvedores deram mais informações sobre qual será o papel da personagem na narrativa, revelando que agora ele será uma repórter investigativa do Clarim Diário, jornal de J. Jonah Jameson.

“Quando ela foi introduzida, nos anos 1960, não era incomum que um personagem deste tipo fosse um interesse romântico ou dama em perigo ou outros papéis datados”, explicou o roteiristas Christos Gage. “Estávamos cansados disso. Não é isso que acontece aqui. Ela é que diz: ‘Opa, recebi uma dica sobre isto, você provavelmente deveria dar uma olhada.”

“E ela está ajudando [o Homem-Aranha] de formas muito importantes.”

No jogo, MJ sabe da verdadeira identidade do Aranha, e ela e Peter tem um passado romântico conturbado desde os tempos de colégio - tanto que, no início da narrativa, os dois não se falam há seis meses.

“Relacionamentos são bem difíceis naquela idade, porque você simplesmente não tem tempo para dedicar ao seu parceiro”, disse outro roteirista, Jon Paquette. “Ela quer fazer o mundo um lugar melhor com suas habilidades como jornalista, parecido com o que Peter faz como Homem-Aranha. Ela só não faz isso dando socos e chutes em pessoas, como ele.”

Sendo assim, as mecânicas de controle para Mary Jane serão bem diferentes das do Cabeça de teia.

“Ela não vai ficar balançando por aí, isto eu garanto”, declarou o diretor criativo, Bryan Inithar, explicando que a ideia é mostrar o herói de uma perspectiva mais distante. “Como é para as outras pessoas na vida de um super-herói?”

Marvel’s Spider-Man sai em 7 de setembro para PS4.