A ESL, empresa de referência na organização de torneios de eSports, anunciou um circuito unificado de CS:GO, juntando todos os seus torneios com os da DreamHack. O ESL Pro Tour, como foi nomeado o projeto, começa em 2020 e trará mais de U$ 5 milhões em premiação total.

Serão dois "níveis" competitivos no Pro Tour: o Challenger, para times de menor relevância no cenário competitivo, e o Masters, para as melhores equipes do mundo. ESEA MDL, DreamHack Open e Campeonatos Nacionais da ESL são algumas das competições inclusas no Challenger, servindo como uma maneira de acessar o Masters.

No nível mais alto estarão campeonatos como ESL One, ESL Pro League, IEM e DreamHack Masters, distribuindo pelo menos US$ 250 mil como premiação em cada um deles.

Todas as competições do Pro Tour darão pontos em um ranking do circuito, que definirá os classificados para as duas competições mais importantes do ano, que servirão como "finais" dos Masters - o IEM Katowice e o ESL One Cologne.

Por enquanto, não foi confirmada a premiação total do evento; a ESL apenas afirma que são mais de US$ 5 milhões, e que detalhes mais concretos serão dados no dia 28 de setembro. Também não está claro como será a classificação das equipes para os torneios menores - possivelmente, o sistema de qualificatórios será mantido.