Em uma nota divulgada a seus investidores nesta segunda-feira (18), a Apple confirmou que espera que a oferta mundial do iPhone seja temporariamente impactada por conta do atual surto do Coronavírus.

Segundo a companhia, parceiros de fabricação da empresa já começaram a retomar a produção dos dispositivos da Apple, mas o processo está sendo mais devagar do que o que o previsto.

"A saúde e o bem-estar de todas as pessoas que ajudam a tornar esses produtos possíveis são nossa principal prioridade, e estamos trabalhando em estreita consulta com nossos fornecedores e especialistas em saúde pública à medida que essa retomada contínua", escreveu a empresa.

Como resultado da retomada mais lenta da produção de seus dispositivos, a Apple espera que receitas trimestrais sejam impactadas negativamente – com uma receita estimada abaixo do que era previsto.

Além das fábricas de parceiros, vale lembrar, a Apple fechou temporariamente suas lojas de varejo e escritórios corporativos na China por conta do surto do vírus no país.

"A situação está evoluindo e forneceremos mais informações durante a nossa próxima chamada de ganhos em abril. A Apple é fundamentalmente forte e essa interrupção em nossos negócios é apenas temporária", reiterou a companhia.